Grupo Facholi - Produto

ARTIGOS TÉCNICOS

   Quanto uma vaca de cria deve consumir de suplemento mineral?

Dr. Antonio Ferriani Branco

As vacas são o coração da produção de carne, pois são com elas que tudo começa. Elas abastecem nossas fazendas com suas crias e, consequentemente, todo o sistema de produção de carne bovina. Mas devemos destacar que para que as vacas de cria atinjam o desempenho desejado é fundamental termos condições adequadas em relação à sanidade, genética, manejo e principalmente nutrição. Do ponto de vista do dia a dia na fazenda, a nutrição se destaca porque as vacas precisam receber nutrientes de forma adequada diariamente, em especial os minerais. As pastagens normalmente são a principal fonte desses nutrientes, mas frequentemente apresentam deficiências que devem ser corrigidas pelo uso de suplementos.

Com relação a esse assunto uma pergunta sempre volta à discussão. Quanto de suplemento mineral uma vaca de cria deve comer para ter uma boa reprodução? Para responder a uma pergunta tão simples e ao mesmo tempo tão ampla, devemos considerar alguns fatores. Dentre esses, quatro devem ser destacados: o peso da vaca, a fase de produção, composição mineral da pastagem e composição mineral do suplemento. E não é difícil entendermos que vacas mais pesadas tem maior exigência, no início da lactação também, e que quanto mais deficiente a pastagem maior deve ser a concentração dos minerais no suplemento, ou maior deve ser o consumo.

imagem-artigo-1 Quanto uma vaca de cria deve consumir de suplemento mineral?

Considerando que os dois primeiros fatores são de fácil compreensão, vamos considerar o terceiro que é o elemento chave da pergunta. Quando consideramos suplementos minerais comerciais verificamos uma grande variação de composição nutricional e de ingredientes. Mas para entendermos melhor quanto uma vaca deve consumir de suplemento mineral vamos usar um exemplo com dois produtos e apenas um mineral, o fósforo, que é muito importante para a função reprodutiva.

imagem-artigo-2 Quanto uma vaca de cria deve consumir de suplemento mineral?

Em vacas com 500 kg, a exigência de fósforo para mantença é de aproximadamente 12 gramas por dia. Conhecendo a concentração de fósforo na pastagem e a concentração de fósforo no suplemento mineral podemos definir qual deverá ser o consumo do suplemento. Em áreas de cria é frequente observarmos concentração de fósforo nas pastagens próxima de 0,10%, ou seja, 1 g de P por kg de matéria seca.

Normalmente o consumo de matéria seca do pasto representa 2% do peso da vaca. Nesse caso, uma vaca com 500 kg consumiria aproximadamente 10 kg de matéria seca de pasto por dia, que com 1 grama de fósforo/kg nos dará o consumo de 10 gramas desse elemento por dia, que quase atende às exigências de mantença, faltando 2 gramas. Mas e as outras funções, como gestação e lactação?

Vacas de cria devem estar em boas condições para a função reprodutiva 12 semanas após o parto, e nessa fase precisam de mais 7 gramas de P por dia. Juntando com os 2 gramas para manutenção temos que suprir 9 gramas de P por meio do suplemento. Vamos considerar que um suplemento mineral tenha 65 gramas de fósforo por kg e o outro 90 gramas, como é o caso do Potenfós Reprodução.

No caso do primeiro suplemento, a vaca precisa consumir 140 gramas e para o Potenfós Reprodução 100 gramas. Essa avaliação é muito importante pois influencia o custo x benefício do produto e a decisão. Analisando apenas esses dois produtos concluímos que o consumo necessário para atender as exigências de fósforo varia de 100 a 140 gramas por vaca por dia, uma ampla faixa de variação. Outra conclusão importante é que na maior parte das vezes os suplementos mais concentrados são mais econômicos, pois sendo consumidos em menor quantidade fornecem mais minerais.

Grupo facholi Rua Arnaldo Lozano Gonçalves, s/n Vila Adorinda | Santo Anastácio - São Paulo | Brasil Teleone Grupo facholi+55 18 3263-9000